TBR Wagon

E aí, gente?

Todo mundo sofrendo com essa coisa de comprar mais livros do que a estante suporta? E quando você compra mais do que seu bom senso permite? Aí, ma fren, não dá nem pra entrar na onda do TBR JAR, porque uma jarrinha não dá conta do recado. Põe um vagão (de trem) na jogada que já dá pra gente conversar.

Resolvi criar o TBR Wagon porque não simpatizo com a ideia de sortear o livro ao invés de escolher. Sou do tipo de leitora que tenho siricotico de ler um livro só por vez. Acabo abrindo e começando a leitura dos que vão me interessando (o que forma uma pilha gigante na mesinha de cabeceira – e no sofá, e na estante…). Nem sempre foi assim, mas conforme vamos ficando velhos as coisas vão degringolando e já viu, né?

Pra ler o livro eu preciso estar afim. Claro que estive afim quando adquiri o bichinho, mas depois amornou, sabe como é? Tem que dar o estalo de novo, tem que ter a ver com o momento. Se ele pudesse me pagar um jantar, então, isso estaria na lista. Mas de volta à realidade vou lá, olho pra capa dele e relembro do que me fez comprá-lo. Se rolar, rolou. Senão, fica no wagon até refazer sentido.

Em construção! Ainda falta muita coisa O.O

TBR Wagon em construção!

Outra coisa fundamental para a criação do TBR Wagon: não ter que escrever o nome dos livros em papeizinhos e dobrá-los e amá-los e guardá-los (e sorteá-los, como já disse). Simplifiquei e fiz uma lista no Evernote – que vocês podem ver AQUI, com apenas nome do livro em caixa alta (pq é o que mais me motiva a ler), nome do autor e editora – além da caixinha pra marcar quando for lido. Não está terminada pq vou colocar os livros aos poucos. Haja saco, né? Mas tudo pra ser uma leitora melhor e pra ver se me seguro nas compras vendo a caralhada quantidade de livros que já tenho aqui.

O que vocês fazem pra ler o monte de livros que já compraram enquanto se interessam por vários outros? Oh, mundo cruel…


UPDATE – Como é a vida, né? Tive que ir na biblioteca municipal caçar os livros da prova do mestrado (onde não achei nenhum!) e eles estavam vendendo alguns itens do acervo. Voltei pra casa com esse exemplar de “A hora da morte”, do Petros Markaris, um romance grego que custou 10 Reais ❤ much love. Vai pra lista do Desafio Ler o Mundo (que ainda não tem post).

Lendo o Mundo, curiosidade e mestrado. Fazer o quê?

Lendo o Mundo, curiosidade e mestrado. Fazer o quê?

Não sartifeita, fui procurar a tal bibliografia em outra biblioteca, onde só achei esse livrinho sobre narrativas. Não é da biblio, mas vai servir (espero) para o projeto que tenho que apresentar se quiser ser aceita. He.

Como se não bastasse, andei um tanto e passei no Projeto Mais Leitura, onde comprei APENAS esse livro sobre tradução (R$ 2,00), que mucho me interessa. E essa coleção Primeiros Passos é linda. Quer dizer, eu li uma sobre fotografia na faculdade e achei que seria a maior lenga lenga, mas foi inspirador. To apostando nesse aqui também.

😉

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s